Política, civilidade e cortesia

politica-2Política
(…) 8. Habilidade no trato das relações humanas, com vistas à obtenção dos resultados desejados.
9. P. ext. Civilidade, cortesia. (…)
{parte do verbete no dicionário Aurélio}

Bastam duas pessoas se organizarem em torno de um objetivo, de um “resultado desejado” (uma empresa, por exemplo), que fazer política torna-se necessário para se conduzir as relações humanas.

Mesmo quando uma empresa tem sua declaração de estratégia conhecida e compreendida por todos os funcionários, mesmo quando as regras de  governança estão descritas, são aceitas e seguidas por todos, fazer política é fundamental no trato das relações humanas. A política funciona como o óleo na engrenagem das relações entre as pessoas da empresa.

Quando foi a última vez que você, como gestor, negociou com os seus subordinados, contemporizou os seus interesses, ouviu e levou em consideração as suas opiniões, demonstrou que se preocupa com o que eles estão pensando ou passando na vida?

Política é civilidade, é cortesia. Se usada com habilidade na empresa, a política pode motivar, engajar, formar times eficientes e parceiros.

Alexandre Ribenboim.